Centro de Paulista ficou lotado de forrozeiros no show junino do Calango Aceso na véspera de São Pedro

Com a bagagem intensa de uma agenda lotada de shows por várias cidades do Nordeste neste mês de junho, o Calango Aceso festejou com muito forró as datas comemorativas dedicadas aos santos católicos (Santo Antônio e São João), principais homenageados nas festividades juninas e para completar o ciclo, a banda cearense liderada pelos cantores Jaelson Santos, Adriana Moral e Wennys Gomes, foram até a cidade de Paulista, no Grande Recife, carimbar com um repertório totalmente pra cima e dançante, a véspera de São Pedro, na noite deste sábado (28).

e1

Deste o ano passado, quando excursionaram com a turnê junina, o Calango Aceso impressionou a multidão com uma apresentação repleta de sucessos das antigas. Neste ano, o público repetiu a dose com as lembranças da satisfação de saber que cairiam na dança do início ao fim do show. E a resposta de tamanha expectativa foi o pavilhão da praça central completamente tomado por forrozeiros de todas as gerações e com disposição de sobra para forrozar madrugada a dentro.

e2

Esse flasback também continuou visitando as lembranças dos próprios integrantes da banda de forma tão memorável. – Não escondo de ninguém que o show do ano passado aqui em Paulista, foi um dos melhores shows da minha vida. Todo cantor e artista guarda pra sempre aquele momento que marcou sua atuação no palco. Pra mim, a nossa participação no São João de 2013 foi inesquecível, me arrepiei toda -, disse a cantora Adriana Moral e ainda deixou escapar a ansiedade de poder voltar ao evento. – Espero sentir aquela energia novamente, será uma emoção em dobro.

e3

O grupo mandou bem ao selecionar um set list com as melhores canções juninas, atendendo a proposta da festa e agregou várias canções de vaquejadas, xotes e as consagradas marchinhas juninas, transformando a área central de Paulista numa gigantesca palhoça de São João, com direito a formação de quadrilhas matutas improvisadas e conduzida com muita animação pela população, resgatando o tradicionalismo do balancê, alavantú, túnel e passeio na roça, como manda a dança.

e4

Quando o Calango se despediu dos festejos juninos da cidade, tocando a canção ?Do Jeito Que a Mulherada Gosta?, a área central de Paulista continuava a receber gente e o espaço consequentemente ficou apertado e em algumas partes tornou-se intransitável. Diante do adeus e dos agradecimentos feito pelos cantores, os paulistenses mais uma vez responderam a altura com participação e alegria, deixando a certeza que em 2015 querem mais a pegada e a animação da banda cearense no evento Vem Paulistar.


e5

Fonte: Assessoria de Imprensa